The Dark Knight Rises



Após 7 anos desde do início do que vai ficar conhecida como uma das grandes triologias da história do cinema, após momentos tão estúpidos que parecem irreais, após recordes batidos e expectativas completamente esmagadas (no bom sentido), chega finalmente? ao fim a triologia de Nolan sobre o homem morcego.

The Dark Knight Rises (em português, O Cavaleiro das Trevas Renasce) parece deixar na maioria dos espectadores um grande ponto de interrogação.
"Foi bom?", "Não foi bom?", "Estavámos com as expectativas demasiadas altas para este filme, devido ao The Dark Knight?".

Pessoalmente, acho que o filme é bastante bom (na segunda visualização ainda fiquei mais com essa ideia) embora esteja uns furos abaixo do The Dark Knight (essa sim, a grande obra da triologia).

Esta devia ser a altura em que escrevia uma, chamemos critica, ao filme, mas como ainda não tenho uma ideia 100% clara do que o filme valeu realmente, prefiro esperar algum tempo e, após a sua saída nos formatos do costume fazer uma sessão em que irei ver a triologia completa e aí sim, será possível analisar a obra como um todo (algo que claramente as pessoas envolvidas neste projecto sempre quiseram).

Entretanto, o único conselho que posso dar é que vão ver o filme, porque embora não tenha ainda uma ideia 100% clara do seu valor, este é claramente um filme que deve ser apreciado no cinema.