Roma

Roma (1972)

http://imdb.com/title/tt0069191/

Do que fala Roma? De tudo e de nada, ou seja, de acontecimentos e situações banais sobre as quais muitas vezes não damos qualquer valor.
Este filme que serve como uma homenagem do realizador à cidade do título, apresenta uma metrópole estranha e fria com rituais ainda mais estranhos e personagens que aí vagueam moldando e sendo moldadas por ela (a cidade).
A obra apresenta-se como um conjunto de sequências com poucas ou nenhumas ligações entre elas onde o realizador representa diferentes situações que ocorrem na sua cidade de adopção. Usando muitas vezes o absurdismo, cada sequência parece usar um estilo de filmar diferente, o que lhes confere uma identidade própria, fazendo quase com que o filme pareça um conjunto de curtas (que neste caso em particular tende a resultar).
Sem personagens ou actores que se elevem na obra, ficamos com a ideia que a personagem principal é realmente a cidade com os seus defeitos e pontos fortes.
Uma das obras mais interessantes que vi de Fellini, acredito que possa agradar a um vasto número de pessoas, seja pela forma diferente e original de mostrar uma das cidades mais famosas do mundo, ou pelas diferentes sequências e forma de filmar das mesmas.

Obra visualizada na Masterclass sobre História do Cinema

Pontuação: 72